Postagens

Leia também!

Você já ouviu falar em "mandato coletivo"?

Proposta tenta integrar os eleitores às decisões no parlamento

Fisiologismo político, falta de renovação, causa perdida. São muitos os adjetivos para criticar o cenário político, mas poucas as propostas para mudá-lo. Mergulhada em escândalos e no descrédito com a população, a classe política se aproxima das eleições de outubro orientada pela perspectiva mais pessimista possível. Um dos principais desafios colocados às candidaturas é o de superar a descrença dos cidadãos em seus representantes parlamentares.

Entre os jornais e as nuvens

Imagem
Jornaleira do aeroclube resiste com uma das últimas bancas de Bauru
Aos pés da estátua do bauruense que um dia ousou se tornar um astronauta para desbravar os lugares mais distantes, uma banca de jornal permanece firme e forte às raízes da cidade, há mais de duas décadas. Sentada sobre uma banqueta de ferro, ali se encontra a guardiã de um tesouro da “cidade sem limites”. Tão logo apareço com minha caneta, meu caderno e meu gravador em mãos, sou recebido por uma radiante saudação e um aperto de mãos.

Um refúgio na cidade grande

Imagem
Peça encenada em Bauru aborda o drama dos expatriados Por Anne Santos, Júlia Paschoalino e Kevin Kamada

De acordo com a ONU,até o final de 2016, mais de 65 milhões de pessoas fugiram de seus países de origem por conta das guerras e más condições de vida, em direção a países distantes. Esse, é o tema da peça São Paulo Refúgio, apresentada no SESC Bauru no dia 13 de julho. Procurando dar voz aos refugiados e interagindo com a plateia, o elenco composto por quatro pessoas, sendo uma delas um imigrante do Congo, dá ênfase às dificuldades enfrentadas por essas pessoas para conseguir conseguir refazer suas vidas na metrópole brasileira. Conversamos com os atores Conrado Dess, Elise Garcia, Ériko Carvalho e Tresor Muteba, para entender melhor a importância da arte teatral na conscientização da sociedade.


A corte escolástica

Imagem
Projeto de lei que prevê a proibição do ensino de ideologias transforma as escolas em tribunais para o embate entre os críticos e os defensores da proposta
Passado o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, as atenções do Senado Federal se voltam para o projeto de lei 193 de 2016, de autoria do senador Magno Malta (PR-ES). Protocolado na Casa, o PL tenta atualizar a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) com a adição do programa Escola sem Partido (ESP). Discutido há mais de dez anos, quando proposto pela primeira vez pelo advogado brasiliense Miguel Nagib, o projeto encontra opiniões distintas na academia. Aqueles que se mostram favoráveis defendem a necessidade de se impedir a suposta doutrinação ideológica praticada por parte dos professores em sala de aula. Os contrários criticam o objetivo de tentar transformar docentes em indivíduos isentos, o que vem sendo alvo de muitas críticas por parte dos especialistas em educação. Agência Moara conversou com …

Um descaso irreversível

Imagem
O advento de um dos maiores períodos de estiagem da história do Brasil preocupa desde o cidadão comum até os ambientalistas. A situação contrasta com a despreocupação aparente da União em fazer o melhor uso possível da água. Os índices de despejo do esgoto sem tratamento nos rios é crescente e não apresenta projeção de inversão. Até em período eleitoral, a pauta foi ignorada pelas lideranças políticas.